Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Candeias - MG e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Candeias - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
11
11 ABR 2022
Candeias restaura Fonte Luminosa
enviar para um amigo
receba notícias
Teve início, nesta quarta-feira, dia 6 de abril, a obra de restauração da fonte luminosa de Candeias, localizada na Praça Monsenhor Castro, que é um bem tombado pelo Município. Como a fonte está diretamente ligada à história da cidade, a restauração buscou preservar as características originais da fonte, além de privilegiar a funcionalidade do bem, reparando os danos de infiltração, parte elétrica e hidráulica.
No dia 1º de dezembro de 2021, o projeto foi apresentado pela Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, através do Departamento de Cultura, Patrimônio Cultural e Turismo ao Conselho Municipal de Patrimônio Cultural, e aprovado por unanimidade. 
A obra, orçada em R$ 157 mil, será paga com recursos provenientes do ICMS Patrimônio Cultural e do FUMPAC (Fundo Municipal de Patrimônio Cultural). 
Devido aos danos por infiltrações, a parte interna do bem será totalmente reconstruída, assim como os revestimentos internos e as bordas. A estrutura arquitetônica será totalmente preservada e o projeto envolve novas instalações elétricas e hidráulicas, acessórios ornamentais, projetores subaquáticos de Led, painel de controle eletrônico e impermeabilização de pisos. A duração da obra está prevista para três meses.
Segundo a diretora de Cultura, Patrimônio Cultural e Turismo, Sheila Freire da Silva, que acompanhou o início das obras, após a restauração da Praça Monsenhor Castro, a administração decidiu iniciar a restauração e recuperação da fonte luminosa. 
“Ver a retirada do piso da fonte assusta bastante, pois nos vem à cabeça a palavra destruição, quando na verdade trata-se de uma desconstrução, como citado pela autora: Cláudia Dias: ‘Algumas vezes a vida precisa de recomeços, de renovação, precisamos desconstruir para reconstruir’”, afirmou.
O prefeito Rodrigo Moraes Lamounier lembrou que os bens públicos fazem parte da história e da identidade do povo candeense. Por isso, o trabalho de restauração é tão importante. "Estamos atentos a esta questão para não deixar a história do nosso povo morrer. Sem contar que uma cidade bem cuidada é sinônimo de valorização do nosso cidadão", salientou.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia