Ações valorizam patrimônio cultural e a arte de fazer quitandas

12/06/2019 às 16:45:00

O Departamento de Cultura e Turismo, vinculado à Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, realiza anualmente 15 projetos de valorização do patrimônio cultural em escolas municipais, com grupos culturais, local de memória, local de restauro e trabalhos de difusão. Neste ano, em conversa com professores das escolas rurais para definir os temas trabalhados, a Escola Municipal Padre José Erley, de Vieiras, optou por desenvolver o trabalho sobre as quitandas tradicionais da comunidade.
No primeiro momento, a responsável pelo Departamento de Cultura visitou a escola e ministrou a palestra sobre patrimônio cultural material e imaterial, focando no tema escolhido (imaterial): “Modo de Fazer Quitandas”. Em seguida, com a orientação do setor junto aos professores, foram definidas as etapas a serem executadas. 
Em primeiro lugar, os alunos do 4º ano da professora Maria Aparecida Vieira e do 5º ano da professora Eliana Alves Flávio fizeram pesquisas com avós, bisavós, parentes mais idosos, sobre as quitandas que faziam ou ainda fazem. Depois, os alunos confeccionaram um caderno de receitas. Das receitas pesquisadas, escolheram duas para reproduzirem: o biscoito e o pandeiro de polvilho (quase não se faz mais).
Para fazerem as receitas, iniciaram a massa na escola, pois uma delas deve ser socada no pilão. No dia seguinte, foram à casa de uma quitandeira antiga da região, Dona Leonora, e assaram as quitandas do jeito tradicional no forno a lenha. Agora, finalizarão a decoração do caderno de receitas.